terça-feira, 29 de março de 2016

Humorista e vereador Marco Antônio Ricciardelli (PTB), o Marquito, é investigado pelo Ministério Público

Marco Antônio Ricciardelli, o humorista, e também vereador, Marquito (PTB), está sendo investigado pelo Ministério Público  por suspeita de envolvimento em um esquema ilegal.
Segundo informações do Estadão Conteúdo, funcionários que trabalham no gabinete de Marquito estão sendo obrigados a devolver parte dos salários para o parlamentar. Até agora, dois ex-funcionários de Marquito prestaram depoimento ao MP.


Um dos ex-funcionários disse que foi nomeado como assessor parlamentar de Marquito em fevereiro de 2013, com salário de R$ 8.000, e no primeiro pagamento foi obrigado a devolver metade do que ganhou, por ordem do chefe do gabinete e advogado de Marquito, Edson Roberto Pressi, que também está sendo investigado
Segundo o promotor de justiça que investiga o caso, Cassio Conserino, há indícios de peculato (apropriação de bem ou de dinheiro público para fins particulares) e, também, de improbidade administrativa: "A investigação, que ainda está no começo, não se resume a declarações apenas. Já há um conjunto de provas materiais que vão desde extratos bancários com os saques na boca do caixa de valores altos para supostamente repassar ao vereador a vídeos que registraram o tal pedido. Os fatos são graves", declarou Conserino.
Procurado pela equipe do Estadão Conteúdo, Marquito não quis falar sobre a investigação. O humorista deve ser intimado  para depor nos próximos dias.

Vanessa Beltrão/R7

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.