quarta-feira, 30 de março de 2016

Suspeitos de assaltos a bancos são presos em São Lourenço da Mata Pernambuco

A Polícia Federal em Pernambuco, por intermédio da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio-DELEPAT com apoio operacional da Polícia Militar de Pernambuco, através do 20º Batalhão, que fica situado em São Lourenço da Mata/PE, conseguiram prender na manhã desta terça-feita (29), por volta das 08h00, os seguintes suspeitos: Acássio Silva de Santana, casado, 28 anos, pintor, natural de Diadema/SP, em Recife (já foi preso por tráfico de drogas em 2011 cumprindo 4 anos de reclusão); Hilton Souza Silva, solteiro, 27 anos, desempregado, natural de Jaboatão dos Guararapes e residente em São Lourenço da Mata (já foi preso por assalto em 2011 à CEF de Caruaru, cumprindo 2 anos de prisão) e Alexsandro Chagas de Santana Marques, solteiro, 29 anos, auxiliar de serviços gerais, natural de Recife e residente em Campo Grande-Recife (já foi preso por assalto em 2012 em Olinda, cumprindo 3 anos de prisão).

As prisões aconteceram em virtude de um trabalho exaustivo de investigação pela Polícia Federal há exatamente 3 meses em cima de uma quadrilha especializada em assaltos a agências dos Correios no interior do estado e em lojas do centro do Recife, sendo certo que esta quadrilha já havia efetuado um assalto na agência dos Correios em Santa Maria do Cumbuca. Novos levantamentos foram feitos pela Polícia Federal apontando que novamente a quadrilha estaria se articulando para investir contra um banco na cidade de São Lourenço da Mata no corredor bancário daquela cidade.

De posse dessas informações e sabendo que a quadrilha estaria num veículo Chevrolet, de cor prata e de placas KJK-7176 de Petrolina, bem como de algumas características físicas dos suspeitos, policiais federais de dirigiram até São Lourenço da Mata/PE e através de trocas de informações e com o apoio operacional de policiais militares lotados no 20º Batalhão se dirigiram para pontos estratégicos da cidade (para evitar a fuga dos bandidos) e próximo às agências bancárias com vistas a surpreender os possíveis assaltantes. A ação teve seu desfecho final quando por volta das 8h, policiais federais conseguiram identificar o veículo prisma por trás do banco Itaú, o qual estava ocupado por 4(quatro) pessoas. Os federais e os militares permaneceram fazendo vigilância no local e observando a movimentação dos suspeitos quando perceberam o deslocamento de um deles se para a lateral do banco, enquanto que os outros partiram em direção a entrada. Neste instante foi feita uma abordagem rápida e eficaz onde os policiais proferiram voz de comando mandando que todos levantassem as mãos, contudo um deles fez um movimento brusco em direção à sua bolsa atirando contra o efetivo o que levou um dos policiais a realizar disparos respondendo à ameaça, tendo um dos bandidos empreendido fuga para um lugar incerto e não sabido.

Na abordagem foi preso 3 suspeitos, sendo que dois deles estavam portando armas de fogo (01 pistola taurus com registro de roubo, calibre 380 com 7 munições e 01 revólver taurus calibre 38 com 5 munições e numeração raspada), também foram encontradas uma caixa de ferramentas (chaves de fenda, martelo, pé de cabra) que seriam utilizadas para o arrombamento do cofre do banco e ainda algemas plásticas para contenção dos funcionários e clientes que porventura estivessem no interior da agência. A intenção do grupo era usarem um fardamento de empresa da construção civil para servir de cobertura para a ação criminosa, onde o alvo seria o gerente do banco para que eles pudessem proceder a abertura do cofre no interior da agência. Os assaltantes realizaram o planejamento da ação durante uma semana fazendo levantamentos do local do assalto bem como a rotina e o horário da chegada do gerente e dos funcionários na agência.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo todo o material sido apreendido, veículo, armas, munições, ferramentas e três telefones celulares, todos os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida conduzidos para a Superintendência Regional da Polícia Federal/PE que fica situada no bairro do Recife Antigo-Recife, onde acabaram sendo autuados pela prática dos crimes contidos nos artigos 157, § 2º, I e II c/c artigo 14 do CP, art. 188 e artigo 288, § único, todos do CPB, e ainda os arts14 e 16, I, da Lei nº 10.826/03. (tentativa de roubo com emprego de arma de fogo com concurso de duas ou mais pessoas, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido com numeração adulterada) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 4 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e logo após foram encaminhados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna-COTEL, onde ficarão à disposição da Justiça de São Lourenço da Mata/PE.

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.