sábado, 21 de maio de 2016

Jovem morre asfixiada durante sexo com colega de quarto

Uma jovem de 23 anos foi encontrada morta, com sinais de sufocamento, na Cidade do México. Tania Trinidad Paredes era psicóloga e teria sido estrangulada com um cabo por Juan Javier Jonathan Ruiz Torres, que dividia um apartamento com ela e um terceiro amigo, chamado José Luis Arzate Martinez.


Juan, de 32 anos, afirma que Tania haveria sugerido sexo a três, após uma noite de bebedeira, tendo seu pedido negado por José. A psicóloga, então, teria sugerido a Juan uma “transa hardcore” entre os dois. Durante o ato, ele teria dado tapas na cara de Tania e a enforcado com um cabo, que estava ao lado da cama, a pedido da mulher.

Tania teria sugerido uma 'transa hardcore' ao colega de quarto Juan.
Tania teria sugerido uma 'transa hardcore' ao colega de quarto Juan. Foto: Reprodução
Inicialmente, Juan teria afirmado à polícia que era inocente. Mas, posteriormente, assumiu a culpa diante do suposto “acidente sexual”, confessando que havia apertado “forte demais” o pescoço de Tania.

Médicos afirmam que a psicóloga, de fato, morreu asfixiada. No entanto, as investigações ainda não foram encerradas e Juan permenece detido.


extra.globo.com

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.