segunda-feira, 20 de junho de 2016

Estado Islâmico decepa pés e mãos de suspeito de roubo

O Estado Islâmico divulgou imagens de mais uma medida  tomada contra um homem que não faz parte do grupo: ele teve seus pés e mãos amputados. Os militantes extremistas afirmaram, nas redes sociais, que a vítima era um 'ladrão de estrada'.


A divulgação dessas imagens ocorreu apenas um dia depois de o grupo terrorista ter compartilhado fotos de quatro homens sendo apedrejados por adultério. As informações são do portal de notícias britânico Daily Mail.

O vídeo começa com um dos jihadistas acusando o homem em público, enquanto outros militantes apontavam fuzis AK-47 para ele. O suspeito, que aparece com os olhos vendados, é colocando sobre uma pequena cadeira de plástico, onde tem suas mãos e pés decepados.

Depois da medida cruel, os terroristas enfaixam as feridas em carne viva com gaze. Então, ele é colocado sobre uma maca e deixado exposto para "servir de exemplo" às pessoas que lá estavam. No Islã, a 'Hadd' é uma punição fixa no Corão por crimes considerados "contra as regras divinas", de acordo com estudos islâmicos Oxford

Medidas extremistas e cruéis são características do Estado Islâmico: duas pessoas da cidade de Mayadin, na Síria, foram amarradas em cruzes em frente à delegacia na província de Deir Ezzor. Isso porque o grupo extremista descobriu que eles comeram e beberam durante o Ramadã — o que é proibido no mês do jejum muçulmano

(Do: Aliança Agora)

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.