domingo, 31 de julho de 2016

Santa Cruz é derrotado pelo Atlético/MG no Independência

Não quebrou o tabu e muito menos manteve intacta a sequência invicta dos pernambucanos contra os mineiros na temporada 2016. O Santa Cruz falhou em todo os objetivos almejados neste sábado (30), contra o Atlético/MG, no Independência, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Depois de vencer Cruzeiro e América/MG, os visitantes vacilaram diante do outro representante de Minas Gerais. Com gols de Robinho, Fred e Luan, o Tricolor foi derrotado por 3x0 pelo Galo. A Cobra Coral terminou a rodada na zona de rebaixamento, na 17ª colocação, podendo ainda perder posições, com 17 pontos, e segue sem vencer o Atlético fora de casa na história da competição.


O JOGO –

O técnico Milton Mendes montou o Santa Cruz com três volantes, querendo aproveitar-se dos contra-ataques para tentar surpreender o Atlético/MG em casa. Funcionou no primeiro momento, já que a primeira chance, logo no começo do jogo, foi pernambucana. Jadson desceu pelo lado direito e cruzou na área para Keno, que chegou de cabeça, mas a bola acabou indo para fora. Depois disso, os mineiros dominaram a partida.

Aproveitando-se da dificuldade coral de encaixar a marcação, o Galo abusou das jogadas aéreas no primeiro tempo. Foi assim que surgiu a primeira oportunidade de gol do time alvinegro. Após cobrança de escanteio, a zaga tricolor deixou o zagueiro Erazo subir sozinho na pequena área, mas o jogador acabou desperdiçando a chance.

Na sequência, mais um vacilo da zaga pernambucana e foi a vez de Maicosuel, depois de mais um escanteio, cabecear livre, mas a bola foi para fora. A noite não era das melhores para os defensores corais. Uillian Correia dormiu no ponto e Maicosuel, que apresentou boa atuação pelo lado direito do campo, roubou a bola, lançando para Fred. O camisa 99 perdeu a primeira chance em boa defesa de Tiago Cardoso. Mas a sobra foi de Robinho, que chutou alto e abriu o placar no Independência.

O segundo tempo começou morno, com poucas chances criadas pelos dois lados. Mas não por muito tempo. Aos 22 minutos – mesmo tempo usado para abrir o placar no primeiro tempo -, o Galo ampliou. Numa bela jogada, Fred tocou para Robinho, que devolveu para o atacante. De calcanhar, ele serviu Patric, que devolveu para o camisa 99 finalizar com o gol, quebrando o jejum de três jogos sem marcar.

Não demorou muito para os alvinegros empurrarem a bola para o fundo do barbante mais uma vez. O autor do terceiro gol mineiro veio do banco de reservas. No lugar de Lucas Pratto, Luan mal entrou e já deixou o dele. Robinho pegou a bola, pedalou e passou para o atacante, que não perdoou. O Santa Cruz seguiu tentando encaixar a marcação, mas o Atlético/MG demonstrou muita facilidade para tocar a bola no campo de defesa adversário. Sem chance para reação do Tricolor pernambucano, que escreveu mais um capítulo no tabu contra os mineiros, saindo do Independência, mais uma vez, sem conseguir derrotar o Galo.

FICHA DO JOGO

Atlético/MG 3

Victor; Carlos César (Patric), Leonardo Silva, Erazo, Fábio Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Maicosuel (Junior Urso); Robinho, Lucas Pratto (Luan) e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira

Santa Cruz 0

Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Tiago Costa; Uilian Correia, Jadson (Lelê), Derley e Danilo Pires (Arthur); Keno e Grafite (Fernando Gabriel). Técnico: Milton Mendes

Local: Estádio Independência (MG)
Horário: 21h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)
Gols: Robinho (aos 22min 1T) e Fred (aos 22min do 2T) e Luan (aos 24min do 2T)
Cartões amarelos: Derley (S), Leandro Donizete (A) e Uillian Correia (S)

Do: Folha-PE

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.