quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Universitário ataca, mata casal e come os rosto das vítimas

Austin Harrouff, de 19 anos, está sendo acusado de matar e devorar o rosto de Jonh Stevens, de 59 anos, e Michelle Mishcon, de 53, em Marty Conty, na Flórida, nos Estados Unidos.

Segundo a polícia, o casal foi morto na porta da própria casa, após ser atacado com facadas pelo rapaz. 
Quando a polícia chegou, o homem estava comendo o rosto de Jonh e removendo partes dele quando chegaram. Durante o ataque, ele apresentava “níveis anormais de força”, segundo os oficiais, que precisaram utilizar além de três policiais, uma arma de choque e até um cachorro treinado da polícia para contê-lo. 
“Nada estava funcionando. Eles estavam usando toda a força física que eles conseguiam reunir”, disse o xerife Willian Snyder.
Aluno da Universidade Estadual da Flórida, ele não tinha passagens pela polícia e sempre tirava notas boas.
As vítimas não conheciam o rapaz, e a tese da polícia é de que eles tenha tido um surto decorrente do uso de drogas, escolhendo vítimas aleatórias.
Ele apresentava vários sintomas de uma droga sintética chamada flakka, que virou “moda” na Florida recentemente, e causa alucinações, psicose, agitação e agressividade, impedindo os usuários de pensarem racionalmente quando estão sob seu efeito.  A droga é apresentada por “loucura a 5 dólares” por ser barata e extremamente viciante.

Portal do Holanda

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.