sábado, 1 de outubro de 2016

Vídeo: Colisão entre sete carros e duas motos mata uma pessoa na BR-232

Um acidente matou um homem e deixou outra pessoa ferida na BR-232, na manhã deste sábado (1º). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou a ocorrência, na altura de Alphaville, envolvendo sete carros e três motocicletas. Seis dos carros explodiram e o sétimo escapou da explosão porque foi removido para o acostamento antes por moradores da área.

A PRF informou que o acidente aparentemente foi causado pela baixa visibilidade no local em decorrência de uma queimada às margens da rodovia. A BR está parcialmente interditada na altura do acidente, no KM 19, segundo a PRF. Duas horas depois da colisão ainda havia muita fumaça no local, comprometendo a visibilidade. Três dos carros atingidos pegaram fogo e ficaram completamente destruídos.



A vítima fatal foi Gilvan Luiz Alves, 47. Ele foi resgatado com vida, mas morreu ainda no local. "A gente tentou tirar ele com vida, mas não conseguiu. Eu conhecia ele de vista só. Conseguimos depois voltar e tirar as outras pessoas dos carros, mas logo após os carros explodiram um por um. Foi muito rápido, mas todo mundo se ajudou", contou o pintor Maciel de Oliveira, de 28 anos, um dos motociclistas envolvido no acidente.


Maciel foi um dos primeiros a colidir. "A gente tentou passar a cortina de fumaça pensando que dava, mas quando entrei tinha um caminhão batido e dois carros atrás dele. Tentei desviar, mas não consegui, acabei batendo também. E dois carros logo atrás colidiram também. Eu soltei a moto e saí ileso. Mas foi terrível, terrível", contou.


O Corpo de Bombeiros e a PRF foram acionados às 11h30. Os bombeiros enviaram ao local duas viaturas de incêndio, duas de resgate e quatro motos. Os bombeiros receberam dois chamados: incêndio em área verde e comunicado de engavetamento. A segunda vítima foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.

O autônomo Márcio Aguiar, de 39 anos, estava com a esposa no carro, um Renault Clio, e foi o primeiro a bater. Ele alega que um caminhão quase parou no meio da cortina de fumaça, devido à baixa visibilidade, e ele colidiu com o caminhão. Ele e a esposa sofreram pequenas escoriações e passam bem. A esposa seguiu de carona e ele ficou aguardando o reboque. Moradores da área ajudaram a remover o carro, empurrando até o acostamento.


O estudante de Administração José Paulo Andrade estava com três amigos quando entrou na cortina de velocidade e percebeu de repente que três carros estavam parados na frente. Não conseguindo evitar a colisão, outros carros bateram na traseira. Em virtude do perigo eles e os amigos tentaram correr para o meio da BR e não se acidentaram.

De acordo com o funcionário publico Vagno Ferraz, 41 anos, são constantes os focos de incêndio na região. "Passo com frequência nesse trecho da BR e sei que eles (os agricultores) colocam fogo no matagal para o replantio. Mas não há controle, não há fiscalização e muito menos punição aos envolvidos. O fogo sobe e chega muito próximo da via, hoje está aí o desastre", disparou. (Do: Folha-PE)

Veja o vídeo abaixo: 

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário :
Write comentários

loading...
Direitos autorais Portal Timbaúba Notícia. Imagens do modelo de MichaelJay. Tecnologia do Blogger.